Bilhete

Tua presença se faz como a primazia de um sonho. Possui certo sabor de não contentamento, são dias sem palavras, onde apenas os versos tomam conta de um espaço vazio, que tende a dizer muito, mas que, ao mesmo tempo, não dizem nada, pois cá sou apenas eu e meus devaneios, falta-me proximidade das palavras cantadas de olhares e o calor de um abraço.
.
Se há inquietação pode ser sinal de algo poderia acontecer ou que poderia fazer acontecer. Se há falta... se há Saudade, sentimento tão tenro, tão belo e ao mesmo tempo tão dolorido faz de nós refém de perspectivas... coisas que, no intimo de nós mesmos, julgamos ser o melhor o ideal, e nesse ínterim, julgamos também as mesmas coisas para o outro...
.
Mas o meu desejo é tomar teu rosto com afagos demorados, é sentir sua voz dedilhando palavras sinceras no íntimo ápice da liberdade, enquanto não haveria mais os motivos da hesitação... E, afinal, não existe vazio que não pode ser preenchido, não há solidão que perdure a cumplicidade, não há sonho se não existe esperança...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gentileza

Reflexos

Sobre o cotidiano