Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2007

Só me restam as lembranças...

Imagem
Sei lá... Nunca me pareceu tão mais certo começar uma mensagem com um “sei lá”.Talvez porque essa seja a forma de expressar o que estou sentindo. No fundo é uma insistente batalha de dez mil sentimentos, que só me deixam mais desnorteado.

Até então tudo estava bem, mas que, por motivos que não devo colocar nessa fatídica mensagem, o mundo decidiu eclodir por pressão de uma insanidade egocêntrica e pérfida. O que me resta são os sonhos. Pois apagaram tudo! Apagaram as minhas esperanças. Apagaram as minhas vontades e, de repente, o que me restava era uma fuga quase como a de um marginal.

A sensação maior é a da decepção. Dói mais que um tapa na cara (que eu levei!). Dói mais que os insultos e calamidades (que eu ouvi!). Dói mais que a inércia dos amigos (que tive que superar quase que instantaneamente). Pois a decepção é geral: de repente, o mundo estava em fuligens de poluição, de repente, não sabia para onde ir ou com quem conversar...

Ainda bem que isso por um instante, não sabia de fat…