Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2006

Uma História Não-Tão-Agradável

Estou pensando sobre os erros, sobre as coisas que deixei de fazer e sobre aquelas outras não tive forças para mudar...

Parei outro dia para tentar encontrar algum significado para tamanha violência, tamanha hipocrisia e falsidade. Percebi que as minhas máscaras são véus de seda perto das máscaras de chumbo e aço dos desalmados.

Hoje, queria eu ter escrito sobre algo não censurado, sobre meu amor e as flores que vi naquele dia qualquer, porém único. Queria falar de um ano. Queria falar dos meus sonhos, mas ao lembrar dos sonhos lembro-me que um deles foi guardado no baú das lembranças sofríveis.

É um jogo não jogável, onde as regras não só tem dois pesos e duas medidas, mas como elas simplesmente mudam a hora que ele bem entender, pois ele está acima de mim e pensa estar acima de todos, por isso ele é quem dita as regras, e eu (risos) eu sou um simples coitado que espera no fim do mês o pão que mofou no armário do esquecimento, e ainda, se ele pensar que eu não sou merecedor, o pão vai p…