Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

Um Currículo

Eu sei que não sou especial, que tenho todos os defeitos clichês, sou chato e às vezes não enxergo nem o que está escancarado na minha fuça. Sei que sou às vezes um tolo, outras vezes inocente e até influenciável demais!

Sou um entusiasta com o diferente e novo para mim e, às vezes, me machuco e machuco os outros. Não sou nenhum revoltado sem causa, mas tenho os meus questionamentos que podem ser diferentes dos teus.

Eu sei que não sou especial, um tolo e inconseqüente quase sempre é o que eu sou. Por mais que eu procure o que há de melhor nos outros eu me esqueço que nem todos têm que ser como eu gostaria que fossem...

Sou um cara que gosta de coisas populares e se diverte com pouco, por outro lado, conheço um pouco de arte e acho que histórias em quadrinhos é uma arte muito interessante!

Eu sei que não sou especial, sou sensível demais ao mesmo tempo em que sou impaciente demais, teimoso demais... mesmo querendo e buscando algo que considero ser o bom, eu me esqueço que o meu relógio n…

Todas as Cores do Nosso Amor.

Se um dia as palavras tomassem a exata medida dos meus sentimentos e eu pudesse pronunciar a ti todo o meu amor e contentamento por dividir contigo alguns momentos, talvez, mesmo assim, não usaria dessa dádiva vilmente. Iria, entretanto, pedir para ti imaginar-me à tua frente, teus olhos nos meus, como se dali não houvesse carne que limitasse a visão, onde o foco seria minha alma. Você enxergaria neste momento todo o meu amor e não haveria mais dúvidas, pois sentimento maior não há!
Talvez assim, não haveria mais barreiras entre nós. Talvez, nem a distância seria capaz de pôr em nossas mentes mais fantasmas, os que por hora nos assolam. E mesmo os fantasmas reais, aqueles internados nos corpos dos obstáculos de lidar com o mundo do além da ponte, não seriam mais temerosos como agora, afinal, seríamos dois... seríamos dois para sempre! Sinto que nos completamos! Sinto que quando lhe sinto perto, mesmo que à milhas de distância, é como se uma energia extra tomasse conta do meu corpo e m…

1º Ato

Sonho o sonho dos dias bons, pois este entardecer não me agrada. Ontem me enganei com um contador de histórias. Eu havia acreditado no mundo mágico do reino de lá! Mas eu vi como é por detrás do cenário e, para ser sincero, tive náuseas.

Sonho com o retorno do novo. Já posso ver, quase na linha do horizonte, uma fase estranha se findando. Tenho esperança! Eu sei hoje o quanto fui vulnerável, susceptível, envenenado por frivolidades... Deste teatro eu não quero ser nem espectador!

Sonho com os sonhos de antes. O rapaz romântico, a vida pacata, os desejos provincianos e devassos... E mesmo que dentro de mim as tempestades de tormentas continuem dançando suas incansáveis coreografias, não terei com que me desesperar pois o caminho até o meu porto é mais do que conhecido.

Sonho com os sim’s e com os não’s. Sonho com as conquistas mútuas e com as tardes de cumplicidade. Sonho, sobretudo, com um amor real! Daquele que vive sob o signo do companheirismo gentil e afetuoso, e mesmo que ele seja d…