Redoma

As promessas parecem muito mais distantes para um dia se cumprirem. Talvez essas voltas todas nos tenham deixado tontos demais, e um pouco desorientados também. Ontem esperei você me dizer algo bom e bonito, mas nada aconteceu, assim como antes e antes e antes... Mas, nada mais aconteceu, assim como há muito tempo, e não me venha dizer que sou ansioso. O que sinto me contaminar não navega por esses mares, ela está mais perto da incoerência.

Ainda espero pela minha vida. Mas não sou mais o mesmo que um dia fui... uma montanha não se finda sob a outra, ao menos que a primeira deixara de existir. Talvez este seja o meu caso... Talvez não.

Mas, se calhar, amanhã o dia vai estar bonito e eu continuarei sendo o mesmo de sempre... que essa montanha não passe de uma ilusão causada pela neblina em minha cabeça. De todo modo, ainda tenho meu jardim de inverno... lá, as flores sempre estão cheias de espinhos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gentileza

Reflexos

Sobre o cotidiano