Nossas promessas

Era tarde... ele não poderia mais atender o meu telefonema... estava a dormir quando, desesperadamente tentei falar um “oi”, ouvir a voz dele... sentir que ele esta bem! Mas não consigo completar a ligação... ele não pode me atender no momento... Amanhã talvez ele possa atender... ou alguma notícia chegue até mim.

Ele vai ficar bom! Ele vai sobreviver... Ele disse que queria me conhecer...

Ele vai ficar bom!

O mundo ainda não é bom o bastante! O mundo precisa dele! Eu preciso dele! Preciso muito! Ele prometeu!

Eu rezo, para uma recuperação rápida!

Meu Deus, isso parece ser tão injusto! Mas eu não sei nem o que questionar... Afinal, ele foi um herói... ele se arriscou para salvar um desconhecido... estou muito orgulhoso por ele agir desse modo... Ainda vou ter a oportunidade de abraçá-lo, para demonstrar o meu orgulho por ele ser um herói, mas vou também dar-lhe um acoite, pois até os heróis tem que ser precavidos...

Ainda vamos conversar muito, neste momento, apenas descanse enquanto eu rezo por ti.

O amanhã será um belo dia!

Comentários

driftin' disse…
O "oi" veio por outro caminho, mas chegou e o "hoje" está a ser um belo dia.

Os heróis, contudo, esgotaram-se nas lendas e na imaginação!...

Postagens mais visitadas deste blog

Gentileza

Reflexos

Sobre o cotidiano